Coworking já é 20% do aluguel corporativo no Rio

Mercado Imobiliário

(O Globo) – 01/10/17

Está no mercado imobiliário outro desdobramento da expansão do coworking. O segmento foi o que mais absorveu áreas corporativas — aquelas alugadas por empresas e com mais de 400 metros quadrados — no Rio de Janeiro de abril a junho, segundo Márcia Colliers, diretora da base carioca da consultoria Colliers:

— A demanda por espaços corporativos trazida pelos espaços de coworking é boa notícia num momento de vacância recorde no Rio, com taxa acima de 40%.

No Rio, no segundo trimestre, os coworkings responderam por 20% — a maior fatia — da absorção de espaços corporativos. Em São Paulo, o percentual ficou em 13%, atrás apenas do segmento farmacêutico.

PREÇO MENOR
Ela explica que essa demanda aquece o mercado imobiliário em geral. De outro lado, pode ampliar a concorrência em alguns segmentos. No topo, no de grandes espaços, as empresas podem, em algum momento, buscar espaços…

Ver o post original 242 mais palavras